sábado, 21 de agosto de 2010

Sete vidas (the end)

Poeta tem sete vidas. Hoje eu perdi mais uma e resolvi guardar o que sobrou... O alcool e a nicotina vão continuar. Esse é meu medo. As palavras são minha clínica de reabilitação. Eu era meu próprio vício. Pena que acabou.

Acabou o blog. Já acabou outras vezes. Deixa eu viciar em outras.

Prometo um dia voltar.

À todos reticencias e interrogações.

Keep dying.

1 comentários:

LoraBioLoca disse...

Uma pena... eu gostava de ler...

Postar um comentário